Twitter Facebook

O forno


ANO : 2008 PÚBLICO : +5

O FORNO é um espectáculo musical de Commedia dell'Arte sobre a sociedade de consumo contemporânea destinado a todos os públicos a partir dos 8 anos.

O FORNO convida a reflectir sobre a forma como estamos a viver em sociedade, sobre  a forma como estamos a empregar os recursos naturais e o destino que lhes reservamos neste início do século XXI.
Abordamos a temática do texto através da ironia, do gesto e da música em directo, num espectáculo inspirado na ingenuidade da Commedia dell'Arte e no burlesco brechtiano.

A dramaturgia, a cenografia e a primeira parte dos ensaios d'O FORNO, realizaram-se na “Ferme du Hayon”, uma granja de produção ecológica gestionada colectivamente em Gaume, uma região no sul da Bélgica. A nossa residencia consistia num intercambio: a criação do espectáculo pela reconstrução de um forno a lenha. Este tinha sido destruído por uma trovoada anos atrás, quando o que hoje é a granja, era a sede de uma abadia. O trabalho de reconstrução do forno realizou-se com materiais naturais do entorno da granja e a cenografia criou-se a partir da reciclagem de objectos. O espectáculo nasceu influenciado pela convivência da companhia com o colectivo que gestionava a granja e pela distancia que o lugar nos oferecia em relação á sociedade de consumo.
Na aldeia de Flordelís reina a harmonía. Os seus habitantes reúnem-se ao redor do forno para amassar e cozer um grande pão que será partilhado por todos. Mas um dia, Madame Lisette, a comerciante, tem a ideia de fazer um pão só para ela... e ainda por cima... com açucar! A reacção é em cadeia e as consequências são catastroficamente divertidas.

Mas como “nem só de pão vive o Homem”, a historia vem temperada com muito amor. Avelino namorisca Rosa, a padeira, e a outros níveis menos inocentes, o Barão não se cansa de procurar interessadamente os braços de Madame Lisette. 

Os tempos prazenteiros e a vida comunitária do início da acção aceleram-se e os personagens tornam-se cada vez mais individualistas. A música belga da Valónia acompanha as suas ânsias consumistas até um ponto em que a acção avança a uma velocidade tão vertiginosa que só existem duas possibilidades: parar ou rebentar. E como não pára, rebenta. 


O forno

Equipe artística


Título
O Forno

Género
Commedia dell'Arte

Autor
Dominique Bayens, Miguel Camino, María Torres e Gonçalo Guerreiro

Encenação
María Torres e Gonçalo Guerreiro




Atores
Fran Lareu, Gonçalo Guerreiro, Lucía sánchez, María Torres

Música
Alex Fente

Espaço cénico
Miguel Camino, Gonçalo Guerreiro

Figurinos e adereços
María Chenut


Maquilhagem
Elefante Elegante

Desenho de iluminação
Germán Gundín e Dani Pais

Som
Dani Pais

Máscaras
María Torres