Twitter Facebook

O Rueiro das liortas


ANO : 2016 PÚBLICO : + 8

"O Rueiro das liortas" é uma comédia inspirada no teatro popular. Fala sobre as relações de casal e as dificuldades em manter vivo o amor ao longo do tempo face à rotina e aos obstáculos da vida. O dinamismo dos elementos cenográficos permite representar diferentes espaços. Juntamente com o texto, a gestualidade e música ao vivo são os ingredientes desta comédia iniciática. Em cena estão um actor e uma actriz que interpretam vários personagens, acompanhados por um menino actor e uma menina actriz que fazem valer a sua própria verdade interpretativa. O espectáculo, que orbita ao redor do empoderamento feminino, dá-nos a visão de uma realidade onde falar dos outros e entrar na sua vida privada é mais confortável e divertido do que olhar para si mesmo.

O "Rueiro das liortas" está livremente inspirado na "Zapateira prodigiosa" de F. G. Lorca

Num belo recanto de um reino distante viviam dois jovens. Ela era bela e impetuosa como uma cerejeira em flôr e ele tinha o porte, a elegância e o aroma da flôr de laranjeira. Num serão de Primavera os seus destinos acabaram por se cruzar. Instante congelado, paixão desbocada, coração transbordante... que às suas famílias não agradou. Como Romeu e Julieta, enfrentaram este infortúnio e às escondidas decidiram casar.

O tempo passou e a rotina fez arrefecer um amor que de namorados fervia. Ela, que antes só mostrava as pétalas da rosa, desenfundou suas afiadas espinhas. Nada lhe agradava, mas nada mudava.

Problemas com a sogra, problemas com as vizinhas, problemas com os clientes, sempre acabava tudo em briga. Dia após dia animadas discussões e sonoras refregas transformaram a rua do sossego numa rua de conflitos.


O Rueiro das liortas

Equipe artística


Autoria, Dramaturgia e Encenação María Torres e Gonçalo Guerreiro


Interpretação María Torres, Gonçalo Guerreiro, Luana Torres Guerreiro e Xairo Torres Guerreiro

Figurinos e Espaço cénico María Torres e Gonçalo Guerreiro

Música Gonçalo Guerreiro e Xairo Torres Guerreiro

Desenho de Iluminação Dani Pais

Desenho gráfico Alba Farto

Distribuição Agustín Bolaños