Twitter Facebook

In


ANO : 2009 PÚBLICO : +12

A acção desenvolve-se no contexto de uma celebração nupcial. A atitude afectada e hipócrita dos noivos e convidados esgota-se rapidamente para dar lugar a comportamentos de inveja, ciúme e luxúria com um pseudo ideal de beleza como pano de fundo.
Um espectáculo sensitivo e universal que indaga a representação contemporânea da figura social. A sua poesia visual nasce da fusão do teatro com a dança, o vídeo e as artes plásticas. 
“In” significa dentro em inglês e “estar in” quer dizer estar na moda. IN surge da ambivalência entre o ser e o parecer. O de dentro como a nosa identidade e o de fora o aspecto que podemos manipular, disfarçar e mudar. O confronto do interior com a aparência. Somos o que parecemos? Somos ou só parecemos?

A estrutura dramatúrgica do espectáculo foi criada a partir de dois elementos fundamentais: por um lado a peça teatral de Bertold Brecht “A boda dos pequenos burgueses”, e por outro os contos populares “Gata Borralheira”, “Branca de neve” e “O rei sapo” dos irmãos Grimm e “Os sapatos vermelhos” e “A vendedora de fósforos” de Hans Christian Andersen.

In

Equipe artística


Género:
Teatro, Danza e Videocreación

Autor:
María Torres e Gonçalo Guerreiro

Encenação:
María Torres

Dramaturgia:
Gonçalo Guerreiro

Atores-bailarinos:  
Alfredo Muíño, Ángela Blanco, Gonçalo Guerreiro, María Torres, Nuria Sotelo  
Música: 
Varios autores

Espaço cénico:
Gonçalo Guerreiro

Vestuario y atrezo:  
María Chenut

Maquilhagem:
Elefante Elegante
Desenho de iluminação:
Octavio Mas

Som:
Germán Gundín

Máscaras:
María Torres e Monica Varela

Vídeo-criação:
Masako Hattori